“TrueCrypt não é seguro” – afirma página oficial

Uma das ferramentas de código aberto mais conhecidas para encriptação de dados foi descontinuada e seu uso é desencorajado pelos desenvolvedores.

Mesmo depois de um investimento forte em auditorias, através de uma chamada pública, que até mês passado, em sua primeira etapa, não revelou a existência de nenhum backdoor, desenvolvedores fizeram modificações que alertam sobre riscos em seu uso, na última versão lançada da ferramenta.

página oficial informa os riscos associados ao uso em dados sensíveis e fornece informações de como migrar os dados para outras aplicações em ambientes Windows e Mac.

Mais informações em: Fonte.