Nova Política Nacional de Segurança da Informação

brasilia-2341647_640

No último dia 26 de Dezembro, foi publicado o Decreto nº 9.637 instituindo a Política Nacional de Segurança da Informação (PSNI) e revogando o Decreto 3.505/2000.

É evidenciada na nova política a educação como base fundamental para o fomento da cultura em segurança da informação e em seus objetivos destaca o incentivo da evolução das pessoas envolvidas com a área, o fomento a pesquisas científicas no apoio ao desenvolvimento tecnológico e na inovação, assim como a promoção da integração e cooperação entre o poder público, empresas, sociedade e instituições acadêmicas.

O governo federal busca promover a participação da sociedade e órgãos públicos para construir uma Estratégia Nacional de Segurança da Informação. A ser dividida em cinco módulos: segurança cibernética, segurança das infraestruturas críticas, segurança da informação sigilosa e proteção contra vazamento de dados.

A nova Política prevê a criação de planos nacionais detalhados na execução das ações e dos objetivos da Estratégia Nacional, assim como a atribuição de responsabilidades, definição de cronogramas e a apresentação da análise de riscos e das ações de contingência afim de garantir os resultados esperados.

Sua implementação será de responsabilidade dos órgãos da administração pública federal, que deverão elaborar suas próprias políticas internas, seguindo as normas de segurança da informação editadas pelo GSI e as estabelecidas pelo Ministério do Planejamento.

Para mais informações saber a PSNI, clique aqui.