Pendrive infectado foi o culpado pelo vazamento de dados do Ministério da Defesa dos Estados Unidos em 2008

Foi um pendrive carregado com malware. Foi assim que as redes do ministério da defesa estadunidenses foram comprometidas em 2008, segundo o secretário William Lynn, que trouxe a notícia à público ontem (25/08).

Há 2 anos, o vazamento de dados ocorreu quando um único dispositivo USB – supostamente um pendrive – contendo código malicioso foi inserido num laptop numa base americana no Oriente Médio. O malware, plantado no dispositivo por uma agência de inteligência externa, foi transferido para a rede do exército, e se disseminou silenciosamente. Foi o estopim para a decisão tomada pelo Pentágono, ainda em 2008, de banir de operação todos os dispositivos USB removíveis.

Fonte: Infected USB drive blamed for ’08 military cyber breach – Computerworld

Foto: Inpatient System Server Set-up in Tallil por MC4 Army, CC-BY.