Poder de processamento de placas de vídeo permite quebrar senhas de até 12 caracteres facilmente

Até pouco tempo atrás, uma placa de vídeo servia apenas para processar gráficos 3D cada vez mais realistas. Entretanto há 2 anos a fabricante de placas de vídeo NVIDIA lançou ferramentas de programação permitindo que desenvolvedores façam programas em C utilizando o poder de processamento paralelo dos processadores gráficos (GPU). “O poder computacional das GPUs (Graphics Processing Units) foi considerado revolucionário ao trazer para os computadores comuns a capacidade de processamento dos supercomputadores de poucos anos atrás”, conforme citado na fonte desta matéria.

Hoje, com o poder de processamento de placas de vídeo atuais, uma senha com 7 caracteres simples é quebrada com a utilização de força bruta (isto é, tentando todas as possibilidades uma por uma) em apenas alguns segundos. Senhas de até 12 caracteres também podem ser quebradas em algumas horas.

Para se proteger, recomenda-se utilizar senhas com caracteres especiais – letras maiúsculas e minúsculas, números, acentos, sinais de pontuação etc. – preferencialmente frases longas. Considerando que um teclado de computador tem 95 caracteres, cada caractere extra significa uma senha 95x mais segura. Outra recomendação é utilizar senhas diferentes para todos os serviços, e utilizar um sistema de gerenciamento de senhas, como o KeePass.

Fonte: Placas gráficas ameaçam sistema de segurança baseado em senhas.