Pesquisa mostra que maioria dos funcionários roubariam segredos das empresas se despedidos

Uma pesquisa da Imperva mostra que 70% dos empregados levariam dados das empresas se despedidos. Os mais populares são propriedade intelectual (27%) e dados de clientes (17%). 79% responderam que as empresas em que trabalham não tem política para remoção de dados corporativos de laptops quando da demissão. A pesquisa mostra também que o acesso de dados não relacionados a função do empregado é comum: 54% afirmaram ter tido acesso a dados fora do seu âmbito de trabalho, e 73% afirmaram que os mecanismos de controle de acesso destes dados são muito simples de serem contornados. Leia mais em Most employees will steal company secrets if fired.

Foto: ARRA-funded postdoc works toward creating invisible material.