40° aniversário do vírus de computador

O ano de 2011 marca o 40° aniversário do Creeper, o primeiro vírus de computador do mundo. Do Creeper até o Stuxnet, as últimas quatro décadas viram o número de malwares explodirem de 1300, em 1990, para 50 mil em 2000 e mais de 200 milhões em 2010.

Além da grande quantidade, os vírus, que originalmente eram utilizados academicamente como provas de conceitos, rapidamente evoluíram como ferramentas de criminosos virtuais. Em 2005, a cena dos vírus já tinha sido monetizada – praticamente todos os vírus desenvolvidos eram com o único propósito de conseguir dinheiro.

Guillaume Lovet, da Fortinet, publicou uma análise cronológica das ameaças de mais destaque nos últimos 40 anos, explicando a importância histórica de cada um deles. Veja a análise completa, em inglês.

Via: 40th anniversary of the computer virus