Prepare-se para a guerra cibernética

Esta semana, no evento CNASI Brasília, o profissional de segurança Archises apresentou a palestra “Prepare-se para Guerra Cibernética!”. A mesma apresentação já havia ocorrido nas edições do CNASI do Rio de Janeiro e São Paulo, e trata dos principais conceitos sobre guerra cibernética, mostrando que isto pode se tornar realidade nos dias de hoje e discutindo como os países têm se posicionado sobre o tema. A diferença na apresentação de Brasília foi que, na véspera do evento, os Estados Unidos publicaram um documento que descreve a nova política internacional do país para o cyberespaço, intitulado “International Strategy for Cyberspace“.

O documento descreve a visão do governo americano sobre o futuro da internet, e como os EUA devem se relacionar com outros países nesse aspecto. O governo dos EUA reconhece a importância de assegurar o livre fluxo da informação, a segurança e privacidade dos dados, bem como a integridade das redes interconectadas. Para concretizar esses fatores, os Estados Unidos pretendem combinar esforços nos campos da diplomacia, defesa e do desenvolvimento. Entretanto, no capítulo sobre a defesa, o documento foca na questão da importância dos EUA reagirem contra usuários maliciosos (e criminosos). No trecho mais interessante, o documento deixa claro que os Estados Unidos responderão a atos hostis no ciberespaço como faria para qualquer outro tipo de ameaça, utilizando todos os meios necessários: diplomáticos, de informação, militar e econômico. Tal resposta inclui o uso de força militar, embora o documento diz que o governo americano irá esgotar todas as opções antes de usar a força militar sempre que possível.

Via: AnchisesLandia – Brazilian Security Blogger