Não economize na educação dos funcionários. Isso pode custar muito caro depois

Toda empresa deseja possuir funcionários qualificados e consequentemente, eficazes. No entanto, poucas organizações investem na formação de seu pessoal, considerando que isto deve partir do profissional ou, no caso das que investem, ofertam treinamentos apenas quando não estão com o orçamento apertado.

Embora seja difícil mensurar o retorno de investimentos em formação, vale ressaltar que algumas questões não podem ser facilmente visualizadas em uma análise de retorno sobre investimento (ROI), como é o caso do treinamento e qualificação de pessoal. Assim sendo, o grande número de benefícios intangíveis que são derivados de uma capacitação, independente da forma como a mesma seja dada, são um forte argumento contra cortes de orçamento de formação.

Entre os principais benefícios adquiridos com programas de desenvolvimento profissional, podemos citar:

  • Soluções inovadoras: Quando confrontados com situações desafiadoras, distintas do que estão acostumados, os profissionais podem vivenciar uma troca de informações e experiências, tendendo a se deparar com soluções inovadoras. Ao retornar, os mesmos trazem novas perspectivas, muitas vezes de outras organizações e profissionais, utilizando-as para lidar com seus próprios desafios.
  • Novos contatos profissionais: Conferências e programas educacionais oferecem oportunidades para os profissionais melhorarem o relacionamento com colegas de profissão, clientes e fornecedores. Tais conexões de alta qualidade profissional ajudam a lidar com a maioria dos desafios de negócios.
  • Entusiasmo revitalizado: Ao serem desafiados por novas ideias e perspectivas, muitos funcionários apresentam uma revitalização no entusiasmo, ao perceberem que podem aplicar o novo conhecimento adquirido às responsabilidades profissionais atuais. Além disso, o profissional se sente valorizado pela empresa e a sua produtividade tende a aumentar.
  • Ampliação de perspectiva: A troca de conhecimentos e opiniões a respeito de produtos e tendências, proporcionada por conferências e programas educacionais, ajudam a desenvolver e melhorar a perspectiva de trabalho. Novamente, o profissional se sente valorizado e busca retribuir com maior produtividade, visualizando um crescimento dentro da empresa.

Todos esses benefícios passariam despercebidos por uma análise de investimentos. No entanto, naturalmente, a formação possui um valor. Por esse motivo, organizações que possuem interesse em qualificar seus funcionários mas não apresentam condições, ou não desejam arcar com despesas como viajem, hospedagem e/ou não possam ter empregados vitais afastados das atribuições, podem agregar valor com treinamento baseado em computador. Nos dias de hoje, treinamentos a distância apresentam qualidade equiparada aos presenciais, com diversas vantagens, tanto para a empresa quanto para o profissional, tais como: menor custo, maior comodidade, maior flexibilidade, entre outros.

Quanto as empresas que optam pelo treinamento virtual in-house, mantendo o funcionário no trabalho, vale ressaltar que uma parte importante de qualquer experiência de formação está na reserva de um tempo para se concentrar no material apresentado – o que pode ser prejudicado por múltiplas interrupções para questões do quotidiano de trabalho, tirando assim todo o valor do treinamento. O desenvolvimento profissional é crucial em setores em rápida mutação, como é o caso da Tecnologia da Informação, e assim sendo, cortes significativos nos orçamentos de formação irão resultar em uma força de trabalho incapaz de atender os futuros desafios inerentes à profissão. Não economize na educação dos funcionários. Isso pode custar muito caro depois!

Maiores informações através do link.