NIST libera criptografia “hash” SHA-3

criptografiaO Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia (NIST) lançou a versão final do SHA-3, uma ferramenta de ultima geração para garantir integridade a informação eletrônica.

Algoritmos de “hash” são amplamente úteis no mundo das comunicações eletrônicas. Eles transformam uma mensagem digital em um pequeno “sumário de mensagens” para uso em assinaturas digitais e outras aplicações. As funções “hash” podem ser usadas em uma variedade de aplicações de segurança, como autenticação de mensagens. Elas também são úteis durante atualizações de rotina de softwares para se certificar que o novo software não tenha sido adulterado.

SHA-3 não é a única família de funções “hash” que o NIST aprova para mensagens eletrônicas. A família SHA-2, aprovado em 2002 para utilização pelo NIST, permanece seguro e viável. “SHA-3 é muito diferente do SHA-2 no projeto”, diz Shu-Jen Chang. “Ela não substitui o SHA-2, que não demonstrou qualquer problema, mas oferece um backup. Leva anos para se desenvolver um novo padrão e nós queríamos estar preparados em casos de problemas ocorrerem.” De acordo com Chang os dois padrões vão se complementar e oferecer mais opções aos projetistas de hardware e software. Algumas das funções do SHA-3 podem, por exemplo, ser implementadas sem a necessidade de circuitos adicionais em um chip, tornando-as alternativas potencialmente úteis para dispositivos muito pequenos.

Acesse a notícia completa no link.