Scripts maliciosos estão crescendo em predominância em relação a executáveis no Brasil

codigo

Durante os primeiros meses de 2016 scripts de Visual Basic e Java estão se juntando a executáveis e trojans no mapa de ameaças detectadas no Brasil. A informação foi divulgada no blog da Eset.

Entre as 10 principais ameaças nos cinco primeiros meses do ano a mais predominante estava na forma de um script genérico, posteriormente ligado pelos pesquisadores a trojans usados em golpes bancários. Na sequência da lista é possível ver a variedade de plataformas e linguagens de programação usadas em ataques no Brasil.

graficomalware

Apesar de evoluir em técnica – buscando novas plataformas e diferentes linguagens de programação para evitar detecção – os pesquisadores observaram que o principal objetivo do cibercrime no Brasil ainda é o roubo de credenciais bancárias que, segundo eles, é a forma mais lucrativa de ataque.

Outra coisa que permanece inalterada é a forma de propagação dos malwares: e-mails fraudulentos, em que o atacante se faz passar por uma instituição bancária, ainda é o método mais usado.

O site publicou a análise completa de uma das amostras de malware neste link.