Velho conhecido de usuários do Windows, vírus de macro do Microsoft Word agora mira o Mac OS

robot-707219_1678

Já faz alguns anos que usuários do Windows são alvos de ciberataques que envolvem o uso das Macros no Microsoft Word para infectar sistemas. Agora pesquisadores estão encontrando evidências de que esse tipo de ataque está mirando também PCs rodando o Mac OS da Apple.

Da mesma forma que no Windows, o ataque começa com uma mensagem que tenta convencer a vítima a abrir um documento que contém macros – uma sequência de comandos e funções armazenados em um módulo de VBA (Visual Basic for Aplications) que ajudam a automatizar algumas tarefas. Quando o usuário tenta abrir esse documento o aplicativo alerta para a existência de macros e pede a permissão para executá-las.

Caso a permissão seja dada, a macro executa uma função que baixa um pacote contendo malware que, uma vez instalado, infecta o computador dando acesso à webcam e ao histórico de navegação, além de permitir o roubo de senhas e chaves criptográficas.

Além deste ataque, os pesquisadores identificaram que outro golpe comum no Windows – o uso de falsos arquivos de atualização de programas como o Adobe Flash ou o Bitdefender para entregar malware – também está fazendo vítimas no Mac OS. Nesse caso o atacante busca obter credenciais e outras informações sensíveis da vítima.

Como formas de proteção, recomenda-se evitar dar permissão de execução para documentos contendo macros e baixar programas apenas de fontes conhecidas.