[Dicas] 10 maneiras de se preparar para uma entrevista de emprego na área de segurança

Você conseguiu uma entrevista para aquele emprego de segurança que estava de olho. Agora prepare-se para conseguir a vaga com essas 10 técnicas para ser notado e causar uma boa impressão.

A escassez de profissionais de segurança cibernética é bem conhecida, com estudos mostrando que milhões de profissionais a mais são necessários para atender à crescente demanda por talentos qualificados nesta profissão.

Cybersecurity Workforce Study (ISC)² de 2020 da organização profissional sem fins lucrativos (ISC)² estima que a escassez de força de trabalho global é de 3,12 milhões e estima que o emprego na área precisa crescer 41% nos Estados Unidos e 89% em todo o mundo para preencher a ausência de talentos.

Mas não deixe que esses números subam à sua cabeça se você está procurando um emprego.

Os gerentes de contratação, recrutadores e consultores de carreira, todos dizem que estão trabalhando muito para encontrar o candidato certo para cada posição disponível. Eles estão revisando currículos cuidadosamente e estão usando entrevistas para separar o melhor do resto.

Então, se você quer impressionar, o que deve fazer? Aqui, os especialistas oferecem 10 maneiras de se preparar e, finalmente, se sair bem em uma entrevista de emprego na área de segurança:

Ter e demonstrar amplo conhecimento de negócios

Os gerentes de contratação geralmente buscam fortes habilidades técnicas e experiência específica em segurança cibernética nos candidatos que desejam entrevistar, principalmente para candidatos que ocupam cargos de nível inicial e médio em segurança corporativa. Mas os gerentes usam entrevistas para determinar o quão bem os candidatos podem aplicar essas habilidades e, mais especificamente, se os candidatos podem aplicar essas habilidades para apoiar os objetivos mais amplos da organização, diz Sounil Yu, residente da CISO na YL Ventures. Como tal, Yu diz que ele e outros procuram “indivíduos em forma de T” – aqueles com profundo conhecimento em uma área, mas com conhecimento geral nas áreas mais amplas de negócios. Os candidatos que recebem ofertas de emprego são aqueles que possuem e demonstram ambos. “A segurança é um problema multidisciplinar, portanto, a profundidade é um ativo importante”, acrescenta Yu.

Mostre sua paixão pela profissão

Os candidatos adoram dizer que são apaixonados por segurança, mas muitos não conseguem descobrir como exibi-la. Aqueles que conseguem, no entanto, se destacam. Uma vez, Yu entrevistou um candidato por vídeo e pôde ver uma prateleira de servidor no fundo do escritório doméstico dessa pessoa. “Ele claramente gostava de mexer fora do trabalho. Você pode ver que ele tinha habilidades tecnológicas e uma paixão por elas e um impulso para aprender sobre novas tecnologias”, disse Yu. Nem todos os candidatos têm servidores em suas casas, nem precisam, mas devem ter provas prontas de que investiram em sua profissão. Esteja pronto para listar as aulas que você fez, os especialistas que você segue, os jornais especializados que você leu e as atividades fora do expediente que ilustram o seu compromisso com a profissão.

Reforce suas afirmações de especialização

James Carder, CSO da empresa de tecnologia de segurança LogRhythm, lembra-se de uma entrevista com um candidato que trouxe um código que ele escreveu, compartilhou o que funcionou bem e falou sobre as áreas que não funcionaram. Foi uma jogada ousada que Carder diz ilustrar as capacidades do candidato. “Ele mostrou aptidão técnica necessária para o trabalho”, diz Carder, acrescentando que em seguida de fato contratou o candidato. Embora Carder não defenda que cada candidato traga código ou amostras de trabalho para entrevistas (especialmente se for proprietário), ele e outros concordam que os candidatos aprovados devem estar prontos para demonstrar sua experiência em qualquer área onde afirmam tê-la. “Se você colocar algo em seu currículo, você precisa ser capaz de falar sobre isso em detalhes e não apenas mostrar uma vaga consciência disso”, acrescenta Russ Kirby, CISO da empresa de software ForgeRock.

Reconheça o que você não sabe

Por outro lado, Kirby diz que os candidatos não devem tentar se atrapalhar com perguntas sobre tópicos que eles realmente não entendem. “Muitos candidatos subestimam e subutilizam o termo ‘Eu não sei’. Se você não entende sobre um assunto dentre dez, não é tão ruim dizer que você não sabe sobre algo ao invés de blefar.”, Diz Kirby. Ele entrevistou um candidato que respondeu quando questionado sobre um padrão de conformidade: “Nunca tive nada relacionado a isso em minha vida.” O candidato então foi para casa, estudou o tópico e solicitou uma segunda entrevista, onde então revisou a pergunta original, compartilhando o que havia aprendido e como aplicaria seu conhecimento recém-adquirido. Kirby ofereceu-lhe o emprego.

Pratique e aperfeiçoe suas respostas

Pratique o que você vai dizer. É um conselho padrão e antigo, mas vale a pena repetir, diz Pamela Nigro, vice-presidente e diretora de TI e segurança da Home Access Health Corp. e diretora da ISACA, uma associação profissional com foco em governança de TI. Nigro aconselha os candidatos a definir as respostas potenciais com antecedência e a trabalhar com um treinador ou colega para fortalecer suas habilidades de comunicação. “Você pode precisar fazer isso para a entrevista, embora a prática não deva parar por aí. Você vai precisar ser capaz de articular bem a longo prazo”, diz ela. O trabalho compensa: ela entrevistou candidatos promissores, que não receberam a oferta porque não conseguiam articular suas ideias quando se encontravam cara a cara. Por outro lado, os candidatos que podem explicar com confiança e coerência seu pensamento não apenas demonstram que sabem o que fazem, mas também mostram que são capazes de se comunicar bem com a empresa – uma habilidade altamente valorizada entre as equipes de segurança hoje.

Prepare suas perguntas

Você sabe que está chegando: o gerente de contratação perguntando, “Você tem alguma dúvida?” Portanto, esteja pronto com uma lista longa o suficiente para responder. “Não há nada pior do que dizer ‘Você respondeu tudo”‘, diz Katie Cassarly, diretora associada de serviços de carreira do Heinz College da Carnegie Mellon University. Mesmo que a entrevista até aquele ponto tenha sido completa, os candidatos atenciosos terão algumas áreas adicionais que desejam explorar. Além disso, diz Cassarly, perguntas bem elaboradas demonstram que você não apenas fez sua pesquisa, mas está pensando em como se encaixará na empresa e sua equipe de segurança.

Mantenha frases úteis à mão

Os candidatos muitas vezes saltam para suas respostas sem compreender totalmente as perguntas feitas ou sem parar para pensar em suas respostas. Portanto, esteja preparado para apertar o botão de pausa com algumas frases úteis. “É o tipo de coisa que faria os candidatos se destacarem em qualquer entrevista”, diz Lisë Stewart, diretora responsável pelo Centro de Desempenho Individual e Organizacional da empresa de serviços profissionais EisnerAmper. Stewart sugere o uso de frases como “Você pode me falar um pouco mais sobre isso?” ou “Esse é um ângulo que não considerei antes, deixe-me pensar sobre isso.” em vez de deixar escapar a resposta excessivamente usada “Boa Pergunta!”

Escolha boas histórias para compartilhar

Os entrevistadores gostam de perguntar aos candidatos sobre como eles lidaram com tarefas desafiadoras ou com alguma dificuldade anterior no trabalho. Embora essas perguntas tenham valor, muitas vezes os candidatos refletem sobre os momentos de ansiedade em suas carreiras. Os candidatos, porém, podem e devem pensar sobre os momentos em que tiveram ótimas experiências de trabalho – talvez quando tiveram algum sucesso reconhecido ou uma parceria particularmente produtiva – e também encontrar oportunidades de compartilhar essas histórias durante uma entrevista, diz Kimberly Roush, fundadora da All-Star Executive Coaching. “Quando as pessoas falam sobre um desafio, você ouve angústia na voz. Mas quando você fala sobre uma época em que estava prosperando, seus olhos vão brilhar”, diz ela. Ela aconselha os candidatos a criar uma narrativa que compartilhe a situação, a ação, o resultado e por que essa experiência foi tão significativa.

Vista-se de acordo

Não é preciso dizer, mas ainda é necessário repetir: vista-se adequadamente para a entrevista. Recrutadores, treinadores de carreira e gerentes de contratação dizem que continuam a ver candidatos desleixados e agora, na era das entrevistas virtuais, mal posicionados para a câmera com materiais questionáveis à vista. Paul Wallenberg, que como diretor de serviços de tecnologia na empresa de recrutamento LaSalle Network recruta talentos de TI e segurança difíceis de alcançar, diz que já viu sua cota de candidatos com capuzes puxados para cima. (“Isso pode dizer algo [negativo] sobre sua disposição de interagir com as pessoas”, observa ele.) Ele também viu candidatos com cartazes musicais violentos ao fundo e outros com panfletos políticos à vista. Um candidato tinha dezenas de estatuetas de anime posicionadas em uma cena de batalha bem atrás dele. “Como você não sabe se está à vista da câmera?” Wallenberg pergunta com um tom de descrença. “Basta estar autoconsciente.”

Mas deixe sua personalidade transparecer

Ao entrevistar candidatos para uma posição aberta na equipe, Kirby diz que está procurando alguém que tenha as habilidades certas, bem como alguém que entenda sua empresa, seus negócios e o setor, para que saibam como aplicar suas habilidades às necessidades de segurança da organização. Mas ele também está procurando alguém que trabalhe bem com sua equipe e que se sinta confortável em fazer parte do departamento de segurança. Os candidatos também deveriam querer isso, ele e outros dizem, enfatizando que as entrevistas são uma chance para ambos os lados descobrirem se são adequados um para o outro. Kirby diz que pode questionar os candidatos sobre suas habilidades e conhecimento sobre a empresa e seu ofício, mas ele requer que os candidatos sejam eles mesmos para determinar se eles se encaixam bem na equipe de segurança. “Mas muitas vezes eles utilizam uma fachada do que pensam ser uma imagem de um profissional que nos agrada”, diz ele.

Informações obtidas/adaptadas de: https://www.csoonline.com/article/2134284/10-ways-to-prep-for-ndash-and-ace-ndash-a-security-job-interview.html#tk.rss_all