Mais da metade das redes sem-fio da Avenida Rio Branco no Rio são vulneráveis

warclavistopo

Ontem (30/11), Dia Internacional da Segurança em Informática, ocorreu no Centro do Rio de Janeiro o I Wardriving Day. A ação, promovida pela SEPRORJ, Clavis Segurança da Informação e Green Hat, com o apoio do Blog SegInfo. O projeto foi um estudo sobre a segurança das redes sem-fio ao longo da Avenida Rio Branco, centro empresarial da cidade do Rio de Janeiro, através de uma análise em um carro com duas antenas de alta potência, com capacidade de detectar redes sem fio a alturas de até 20 andares.

O resultado mostrou um perigo que o coração comercial da cidade pode estar exposto: em pouco mais de 3 horas e 3 voltas na avenida, foram detectadas 3.670 redes sem-fio, das quais 1.836 (50,04%) estavam sem qualquer protocolo de segurança e 282 (7,68%) usavam o protocolo WEP, facilmente quebrável. Por outro lado, 1.552 redes (42,28% do total) usavam proteção WPA, considerado segura(posição esta intimamente ligada a força da senha). Resultados mais detalhados serão divulgados em breve com exclusividade aqui no Blog SegInfo.

Veja abaixo matéria publicada e produzida com destaque pelo Jornal O Globo, através do Jornalista André Machado.