Windows 8 – novas funcionalidades de segurança

Comunidades e usuários na Internet já discutem as novidades do Windows 8, cuja versão de preview para desenvolvedores foi demonstrada durante essa semana na conferência Microsoft BUILD.

Deixando de lado usabilidade, eficiência e outras questões nesse momento, vamos destacar o que foi mostrado sobre o que tange a segurança.

Para começar, o Windows 8 tem um “anti-vírus embutido que realmente funciona”, de acordo com o site The Register. “Ele parou não só o teste EICAR test file, mas também vários itens de malware no Metasploit”, confirmou um profissional de segurança que estava testando a versão beta da nova versão do sistema.

Outra mudança crucial é o abandono de ROM BIOS em favor do sistema UEFI (Unified Extensible Firmware Interface), o qual permite um boot mais rápido na máquina, além de itens como reconhecimento automático de um drive USB usado para bootar o sistema operacional. Essa funcionalidade em particular foi demonstrada na BUILD, quando um USB propositalmente infectado lançou um alerta de “assinatura inválida” e parou o processo de boot.

Windows Defender, software anti-spyware da Microsoft, também será melhorado. Usuários poderão optar por usá-lo também como proteção anti-vírus. Não ficou claro se esse era o “anti-vírus embutido” citado pelas fontes do The Register. Atualmente, o Windows Defender protege contra spywares e adwares, mas não faz as vezes de anti-vírus (para isso a Microsoft oferece gratuitamente o MSE – Microsoft Security Essentials)

Uma nova funcionalidade curiosa para usuários de tela touchscreen será a possiblidade de criar senhas usando combinações de imagens e gestos (toques, círculos, linhas retas, etc.), o que certamente será uma adição bem vinda a usuários que não gostam ou não memorizam senhas escritas. Claro, se tudo funcionar como se espera.