Oficiais do Pentágono agora podem usar Android – entenda mais sobre as razões

Conhecido por ter uma preocupação estrita com a segurança dos equipamentos que seus funcionários utilizam, o Ministério da Defesa dos Estados Unidos (DoD) agora permite a utilização de celulares Android, além dos tradicionais BlackBerry.

Mas não pode ser qualquer Android: a regulamentação permite apenas aparelhos da Dell e apenas na versão 2.2 (Froyo). Aparelhos da Apple (iPhones e iPads) continuam proibidos.

Segundo o DoD, a decisão foi influenciada por diversos fatores: primeiro, pelo fato do código do Android ser opensource, o que permite uma inspeção pelos responsáveis da segurança afim de certificar a inexistência de backdoors ou outras falhas de segurança; segundo, por permitir o travamento e deleção automática dos dados após repetidas tentativas incorretas de entrar a senha. Outro motivo reportado pela não escolha dos produtos da Apple foi a velocidade da empresa em corrigir falhas de segurança e a natureza proprietária do seu código – caso encontrem uma falha de segurança, os próprios funcionários do DoD podem corrigir a falha nos sistemas Android, uma vez que o código é aberto.

Veja mais detalhes em Pentagon officials allowed to use Android.