Gerência da porta 25 – Bloqueio da porta 25 a fim de diminuir número de spams

Depois de sete anos de negociação com operadoras, provedores Internet, Minicom, Anatel e Ministério da Justiça, o Comitê Gestor da Internet(CGI) informou na última quarta-feira, 23/10, que até dezembro, será fechada a porta 25, utilizada por spammers.

Qual problema a gerência de porta 25 vai resolver?
Hoje spammers do mundo todo abusam computadores de usuários de Internet no Brasil para enviar mensagens para outros países de forma anônima e gratuita. A gerência de porta 25 vai impedir que nossas redes sejam abusadas por esses spammers, impedir o desperdício de banda e retirar o Brasil de listas internacionais de países que mais enviam spam.

Como isso impede o spam?
Quando os usuários adotarem a porta 587/TCP, a operadora (de ADSL, cabo, 3G, etc) poderá filtrar o tráfego com destino à porta 25/TCP. Desse modo, os e-mails legítimos, que usam uma porta diferente, não são afetados. Mas os spams, que são enviados por máquinas infectadas/botnets direto para servidores de e-mail, não saem da rede.

Veja outras perguntas além das de cima no link.

Faulhaber, do Comitê Gestor, reforça que PMEs e empresas não terão o acesso vedado a porta 25, mas precisam tomar medidas com relação aos trabalhadores remotos. “Os gestores de TI vão ter que avisar seus funcionários. Se eles acessarem o servidor de email da empresa de casa, vão ter que passar a usar a porta 587. É uma medida simples de fazer”, adverte.

“A porta 25 é voltada para comunicação máquina a máquina e não era gerenciada. As novas portas são gerenciadas e há como ter um controle muito mais efetivo para reprimir essa ação”, explica Faulhaber. Além de fechar a porta 25, o Brasil está costurando acordos internacionais para colaborar no combate ao envio de spams.

Mais informações nos sites Antispam.br e Convergência Digital.