Evasões de analistas em TI atinge 24% na Administração Pública Federal – Um dos motivos é a busca por oportunidades mais promissoras

carreiraA Associação Nacional dos Analistas em TI (ANATI) publicou em seu portal uma carta demonstrando o ritmo de evasão do cargo de Analista em TI na  Administração Pública Federal (APF).

Servidores do cargo buscam oportunidades mais promissoras – com políticas remuneratórias coerentes com suas capacidades – em outros concursos da própria  Administração Pública Federal, empresas públicas ou até mesmo na iniciativa  privada.

Em nota a associação afirmou:

“A ANATI vem, desde sua fundação, alertando o Governo Federal sobre a grave situação do cargo de Analista em Tecnologia da Informação e isso não apenas por considerar que sua estrutura é deficitária e seu vencimento está abaixo do nível de responsabilidades da função. A ANATI considera que a área de TI é por demais estratégica para receber do Estado o tratamento ora dispensado, não é mais possível admitir que a Administração Pública Federal brasileira possa evoluir sem a criação de uma carreira de TI. Fatos recentes colocaram novamente a segurança da informação e o uso da TI como instrumento de espionagem internacional no topo das discussões nacionais e internacionais, resta claro que o Governo Federal necessita – mais agora do que em qualquer outro momento – de estruturar um carreira para a área de TI.”

Fonte: Convergência Digital

Em maio deste ano o Departamento de Segurança da Informação e Comunicações (DSIC) do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República publicou uma norma, recomendando certificações para os servidores da APF. Na norma encontramos como atuações e deveres da APF:

  • Engajar-se na busca pelo conhecimento e promover ações no sentido de consolidar a cultura de SIC;

  • Empenhar-se para obter certificações profissionais, seguindo preferencialmente as recomendações propostas na tabela em anexo;

  • Prover a capacitação dos profissionais de SIC, em âmbito interno e externo, preferencialmente alinhada às certificações profissionais e aos temas recomendados nos nas duas abaixo;

  • Estabelecer políticas de incentivo ao estudo e à pesquisa, bem como a produção e aquisição de obras literárias e normas técnicas de SIC e áreas correlatas.

Veja mais informações sobre a norma no link: www.blog.clavis.com.br/administracao-publica-federal-define-certificacoes-para-os-seus-servidores-na-area-de-seguranca-da-informacao-veja-aqui-as-certificacoes-selecionadas/