TSE autoriza PSDB auditar urnas eletrônicas do 2º turno das eleições de 2014

Na última terça-feira (04/11) o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou, por unanimidade,  o acesso aos dados do segundo turno das urnas eletrônicas utilizadas nas eleições de 2014 depois de uma petição do PSDB.

O partido terá acesso aos logs, ordens de serviço, cópias digitais dos boletins, cópias impressas de votações das sessões eleitorais e acesso aos softwares das urnas eletrônicas.

O pedido da “auditoria especial” feito pelo PSDB cita informações divulgadas em redes sociais que poderiam comprometer as urnas eletrônicas em todo território nacional.

O presidente do TSE, Dias Toffoli criticou o fato dos partidos não apresentarem auditores independentes durante o processo eleitoral nem com verificação de eventuais fraudes nas audiências públicas convocadas pela Corte Eleitoral antes da votação. “Aliás, (os partidos) poderiam ter acompanhado (as sessões públicas de auditoria das urnas)… Nada disso é desenvolvido sem transparência”, disse Toffoli.

Mais informações, neste link.