Investimentos em cibersegurança corporativa registram aumentos desde 2009

De acordo com relatório da CB Insights, desde 2009, os investimentos corporativos em segurança cibernética vem sendo divididos principalmente entre negócios em estágio inicial e em estágio médio, os quais tiveram respectivamente 38% e 39% de participação. Acordos em estágio final corresponderam a 23% das atividades de segurança cibernética empresariais ao longo do período.

Não obstante, desde 2010, os investidores corporativos participaram em mais de 140 negócios, totalizando US$ 1,37 Bilhões para empresas de segurança cibernética. Notavelmente, o ano de 2014 tem visto investidores corporativos participarem de um número maior de grandes acordos em relação ao ano passado. Até o momento, o total de financiamentos para segurança cibernética já é 29% maior do que o ano de 2013 e 129% maior que o de 2012.

Diversas empresas participaram de financiamentos em larga escala para cibersegurança, incluindo Skyhigh Networks (Salesforce Ventures) com 40 milhões de dólares, Centrify (Samsung Ventures, Fortinet, Docomo Capital) com 42 milhões de dólares, e Ionic Security $ 25,5M série B (Google Ventures), para citar algumas. Negócios em fase inicial neste ano foram creditados principalmente à startups, existindo uma grande diversidade de áreas de atuação, indo desde APIs de autenticação (Authy), inteligência de segurança cibernética crowd-sourced (ThreatStream) e criptografia de tráfego para navegadores (Zenmate).

Em relação ao mercado norte americano, o estado da Califórnia possui o domínio, sendo as empresas sediadas no Vale do Silício responsáveis por 57% dos negócios em cibersegurança do país. Os outros estados pertencentes ao top 3 são respectivamente Massachusetts (7%) e New York (5%). Quanto aos principais investidores corporativos em empresas de segurança cibernética desde 2009, a Intel Capital lidera a lista, sendo seguida respectivamente pela Google Ventures e Qualcomm Ventures.

Maiores informações através do link.