Corte suprema da California decide que policiais não precisam de mandato para revistar aparelhos celulares

A corte suprema da California decidiu que policiais tem direito de revistar aparelhos celulares assim como qualquer outra propriedade que o suspeito tenha no momento, como roupas e embalagens de cigarros. Por outro lado, associações de liberdades civis protestam, dizendo que buscas nesses dispositivos são intrusões potenciais da privacidade dos cidadãos.

De qualquer maneira, do ponto de vista de um profissional de TI, o caso serve como um lembrete de que as empresas devem criar e manter políticas relativas ao armazenamento de dados em dispositivos pessoais. A segurança de dispositivos portáteis é um assunto crítico, e não pode ser ignorado.

Leia mais em Search Ruling Makes Smartphone Security More Crucial CIO.com.