OAB-SP debate popularização da internet e os riscos previsíveis

No dia 19 de maio, a OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional São Paulo), através da sua Comissão de Crimes de Alta Tecnologia, debaterá os aspectos que envolvem a popularização da internet e os riscos previsíveis decorrentes dessa popularização para a população brasileira. O seminário abordará o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL)Segurança da Informação e Comunicações (SIC).

Por meio do seminário, a OAB-SP quer ampliar o debate sobre o que o governo federal pretende em relação ao PNBL, demonstrando que a sociedade brasileira protagoniza fase intermediária de adaptações ao mundo digital. Outro objetivo é tratar da consciência cidadã quanto aos riscos e vulnerabilidades existentes e ainda por existir, como também do desprovimento de educação gradual e continuada da sociedade, que está exposta ao potencial uso de seus recursos tecnológicos por indivíduos que têm a capacidade de fazê-la mero instrumento de suas vontades para a prática de ilícitos.

O seminário será dividido em dois painéis. O primeiro abordará o tema “A nova plataforma da internet – seu potencial, segurança e aspectos forenses” e terá como debatedores: Antônio Luiz Rigo (doutor em Engenharia de Sistemas pela USP e mestre em Engenharia Eletrônica pelo ITA), Adjabir Fernandes (publicitário e consultor em Projetos de Engenharia e Logística), Volnys Borges Bernal (mestre e doutor em Engenharia Elétrica pela USP, auditor de segurança com certificação CISA/ISACA e pesquisador do Laboratório de Sistemas Integráveis da USP) e por Giuliano Giova (master of science e perito judicial em questões de Tecnologia da Informação e Telemática).

O segundo painel, que será apresentado à tarde, colocará em debate o tema “Plano Nacional de Banda Larga, Analfabetismo Digital e Responsabilidade Objetiva” e terá como debatedores: Regilberto Girão (especialista em Segurança Corporativa, Segurança da Informação e Comunicações e Crimes Cometidos por Meios Digitais), Higor Vinícius Nogueira Jorge (delegado de Polícia Civil do Estado de São Paulo, além de professor de Análise de Inteligência Policial da Academia da Polícia Civil, professor universitário e especialista na Investigação de Crimes Cibernéticos, pela procuradora Regional da República na 3ª Região), Janice Agostinho Barreto Ascari, e Débora Sebriam (educadora e mestre em Engenharia de Mídias para Educação).

As inscrições devem ser feitas por meio do site da OAB-SP, mediante a doação de uma lata ou pacote de leite integral em pó – 400g, que deverá ser entregue no início de cada painel na recepção do evento. Maiores informações sobre o evento também no seguinte telefone: (11) 3291-8206 (Priscila).

Segue abaixo o e-folder do evento, com os principais temas: