OpenSSL será financiado por gigantes da tecnologia

heartbleedAtualmente, a biblioteca de software de criptografia de código aberto provê segurança a centenas de milhares de servidores web e muitos produtos vendidos por  empresas  de vários bilhões de dólares, mas perante um orçamento  apertado. O  presidente da  OpenSSL Software, Steve Marquess, escreveu em um  post  no blog na semana  passada em que afirma que o OpenSSL normalmente recebe cerca de US$ 2.000 em  doações por ano e tem apenas um funcionário que trabalha em tempo integral no  código-fonte aberto.

Preocupados com isso, gigantes da tecnologia estão anunciando uma iniciativa de  três anos, com pelo menos US$ 3.9 millhões para ajudar a financiar subprojetos com  código aberto – onde o OpenSSL vem em primeiro lugar. Amazon Web Services,  Cisco, Dell, Facebook, Fujitsu, Google, IBM, Intel, Microsoft, NetApp, Qualcomm, Rackspace e VMware se comprometeram a financiar pelo menos US$ 100.000 por ano por pelo menos três anos, para uma “Iniciativa de Infraestrutura Básica”. Para ser claro, o dinheiro irá para vários projetos de código aberto onde o OpenSSL receberá uma parcela do financiamento, mas provavelmente nem perto de todo os US$ 3.9 milhões. A iniciativa vai identificar importantes projetos de código aberto que precisam de ajuda, além do OpenSSL.

Pelo fato do Heartbleed ter inspirado a campanha, o OpenSSL será o primeiro projeto sob consideração para receber fundos da iniciativa. Este poderá ​​receber financiamento de bolsas para os desenvolvedores principais, bem como outros recursos para auxiliar o projeto na melhoria da segurança, permitindo revisões de fora, e melhorar a capacidade de resposta às solicitações de correção. Auditorias de segurança e testes na infraestrutura também estarão entre os benefícios potenciais para o OpenSSL e outros projetos. Os detalhes ainda estão a ser trabalhados, mas um resultado provável é ter dinheiro suficiente para deixar mais desenvolvedores trabalhando no projeto em tempo integral.

Confira a notícia completa com mais informações neste link.