[Dicas] 5 dicas de correções de segurança para manter seu smartphone seguro

id secreto celular correções de segurança de dados online rastreado

Este post tratará de 5 dicas de correções nas configurações de segurança de seu smartphone para mantê-lo seguro, afastado de atacantes e espionagens.
Ao navegar em qualquer lugar online poderá parecer que alguém o está assistindo ou lhe monitorando. Mas será que isto é possível mesmo? Bem, isto é verdade! Eles estão. Você sabia que existe um ID secreto de anunciante para celular em seu smartphone que sabe onde você mora e o que comprou online recentemente? Ele pode ser facilmente rastreado diretamente até você e revela coisas como seu endereço físico e endereço IP.

E esse é apenas um dos muitos rastreadores, IDs, mapas e configurações que coletam suas informações. Na maioria das vezes, esses dados são empacotados e vendidos ao licitante com lance mais alto. (Desculpe, você não recebeu e nem receberá uma parte.)

Se você quiser levar sua segurança a sério, terá que ir além das etapas habituais. Então confira as seguintes dicas:

1. Ative o modo USB restrito

smartphones ID IP online rastreado

Você já carregou seu dispositivo Apple em um local público, em um avião ou no trabalho? Se disse sim ou que poderia fazer isso um dia, você precisa ativar o modo restrito de USB. Ajuda a evitar o ataque conhecido como “juice jacking”, que pode usar os dados de seu dispositivo instalando malware ou roubando informações por meio da porta de carregamento USB.

Como fazer: para ativar o Modo restrito de USB, selecione Configurações> ID facial e senha> digite sua senha. Role para baixo até a seção chamada “Permitir acesso quando bloqueado” e certifique-se de que a opção “Acessórios USB” esteja desativada.

Postos de recarga públicos em locais como aeroportos e cafés são úteis, mas também colocam seus dados em risco. Se você vai ficar fora tempo suficiente para que seu dispositivo fique sem energia, considere adquirir seu próprio banco de energia externo e esvaziá-lo antes de sair de casa. Se você precisar usar uma estação de carregamento pública, pense em pegar um bloqueador de dados USB que impeça o malware de entrar em seu dispositivo ou traga seu próprio carregador de bateria externo.

2. Auto-apagar dados

Para os usuários do iPhone essa dica é importantíssima! Vocês também devem habilitar o serviço de Apagar dados, isso mesmo: deletar tudo de seu smartphone. Com esta opção ativada, todos os dados são apagados após 10 tentativas de senha sem sucesso, o que torna improvável que alguém possa forçar a entrada em seu telefone.

Como fazer: Selecione Configurações> ID Facial e Senha> digite sua senha. Na parte inferior do menu, você verá “Apagar dados”. Alterne o botão para a direita para habilitar esta configuração.

Aviso: se você ativar o recurso “Apagar dados” e tiver filhos, é vital que você faça backup do seu dispositivo regularmente. Caso contrário, você pode perder tudo se um pequeno pegar seu telefone e tentar desbloqueá-lo sem sucesso mais de 10 vezes. E também não se esqueça da sua senha!

Para garantir que seus backups do iCloud estejam ativados, vá para Configurações> [seu nome]> iCloud> Backup do iCloud. Ative o Backup do iCloud. Para realizar um backup manual, toque em Fazer backup agora.

3. Pare com as ações dos bisbilhoteiros

dados online

O código de acesso ou senha para proteger seu telefone é essencial, mas você sabia que pode fazer o mesmo para aplicativos individuais? É claro com o Android e um pouco mais complexo se você tiver um iPhone.

Como fazer: para Android, aplicativos de terceiros como Smart AppLock permitem que você use sua impressão digital ou escolha entre bloqueios de padrão ou um PIN para restringir o acesso. O Smart AppLock também envia alertas de invasão quando alguém tenta abrir um aplicativo com um código inválido. Conveniente isso, né ?!

Se você tem um iPhone, sua melhor aposta é um recurso pouco conhecido chamado Acesso guiado. São necessárias algumas etapas para colocá-lo em funcionamento. Depois de fazer isso, a tela inicial do Acesso guiado aparecerá, permitindo que você desative ou bloqueie partes específicas da tela ou a tela inteira. Bloquear a tela inteira será a maneira mais simples de bloquear um aplicativo. Toque ou clique para as etapas completas e outro truque para limitar o acesso ao aplicativo, limites de tempo de tela.

4. Elimine aplicativos intrometidos

Atualmente, quase todos os aplicativos rastreiam pelo menos algumas coisas sobre você. A melhor coisa que você pode fazer para manter seus dados privados é evitar compartilhá-los. Sim, os aplicativos coletam informações diretamente do seu dispositivo, mas você pode fazer a diferença deixando o máximo possível de campos em branco nos seus perfis ou mesmo incluindo informações falsas.

Faça uma verificação de privacidade em seu smartphone para ter certeza de que os aplicativos não estão coletando dados desnecessários.

Como fazer isso:

Em um iPhone:

  1. Abra Configurações, role para baixo e toque no ícone Privacidade.
  1. Selecione uma permissão, como Calendário, Serviços de localização ou Câmera.
  1. Escolha quais aplicativos devem ter acesso a essa permissão e remova as permissões para os aplicativos que você não deseja ter acesso.

Em um telefone Android:

  1. Abra Configurações e toque em Aplicativos e notificações, seguido de Permissões avançadas de aplicativos.
  1. Selecione uma permissão e escolha quais aplicativos devem ter acesso a essa permissão.
  1. Remova as permissões de todos os aplicativos que você não deseja manter em guias.

5. Aumente a força da sua senha

Você sabe que precisa de senhas fortes, mas a atração por senhas fáceis de lembrar que você usou muitas vezes é forte. Não espere apenas pelo melhor. Encontre suas senhas ruins e elimine-as para sempre.

Auditoria de reutilização de senha de Keychain (para iOS): o Safari armazena suas senhas em Keychain, que você pode acessar em seus dispositivos Apple ou iCloud. Suas senhas são verificadas em relação a uma lista de senhas violadas. Este recurso é ativado por padrão no iOS 14.

Vá para Configurações> Senhas e procure em “Recomendações de segurança” para ver se alguma de suas senhas foi comprometida. Nesse caso, você receberá uma solicitação para atualizar sua senha por uma mais forte.

Verificação de senha do Google para Android: o recurso de verificação de senha do Chrome está integrado ao Gerenciador de senhas. Aqui você pode ver se suas senhas foram comprometidas – e quais são fracas e precisam ser alteradas. Acesse passwords.google.com e selecione Verificação de senha> Verificar senhas.

Todos os anos, uma lista das senhas ruins mais usadas é lançada e, todos os anos, eu balanço minha cabeça. Veja se algum dos seus ficou entre os 20 primeiros. Se sim, altere-o!

Existem outras dicas além dessas, mas você já poderá minimizar seus riscos implementando-as ainda hoje! divulgue para sua família, amigos, funcionários e seja um colaborador da melhoria da segurança da Informação para todos que o cercam!!! Pode começar enviando este link para eles, que tal!?

Fonte: Trying to connect or reconnect? How to find anyone’s email address

Posts relacionados: Desligue e ligue: Como impedir roubo de dados de celular / Trabalho remoto aumenta as ameaças de dispositivos IoT do consumidor e Criando um ambiente cibernético seguro em casa