Casa Branca organiza Reunião Transnacional para discutir Ransomware

O Presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden, anunciou planos para realizar uma reunião com representantes de 30 países diferentes no final deste mês para discutir ransomware e outras questões de segurança cibernética.

O Presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden, anunciou planos para realizar uma reunião com representantes de 30 países diferentes no final deste mês para discutir ransomware e outras questões de segurança cibernética.

Em um comunicado divulgado para coincidir com o primeiro dia do Mês de Conscientização sobre Segurança Cibernética dos Estados Unidos, o Presidente Biden disse que o principal objetivo da reunião seria abordar o impacto das ameaças cibernéticas na segurança econômica e nacional.

A sessão acontecerá virtualmente e será hospedada online pelo Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca. Na agenda, junto com o ransomware, estará como reprimir o uso ilegal de criptomoedas e como melhorar a colaboração entre diferentes agências de aplicação da lei para processar criminosos cibernéticos.

“Este mês, os Estados Unidos reunirão com 30 países para acelerar nossa cooperação no combate ao crime cibernético, melhorando a colaboração policial, impedindo o uso ilícito de cripto-moeda e engajando-se nessas questões diplomaticamente”, disse o 46º Presidente dos Estados Unidos.

O Presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden, anunciou planos para realizar uma reunião com representantes de 30 países diferentes no final deste mês para discutir ransomware e outras questões de segurança cibernética.

“Estamos construindo uma coalizão de nações para defender e investir em tecnologia 5G confiável e para melhor proteger nossas cadeias de abastecimento. E estamos trazendo toda a força de nossas capacidades para interromper a atividade cibernética maliciosa, incluindo o gerenciamento de riscos e oportunidades de tecnologias emergentes como computação quântica e inteligência artificial.”

Biden acrescentou que a segurança cibernética do país exige o esforço das empresas e cidadãos dos Estados Unidos.

“O governo federal precisa da parceria de todos os americanos e de todas as empresas americanas nesses esforços”, disse ele.

“Devemos trancar nossas portas digitais – criptografando nossos dados e usando autenticação multifator, por exemplo – e devemos construir tecnologia com segurança desde o projeto, permitindo que os consumidores entendam os riscos nas tecnologias que compram.”

O impacto do ransomware nos Estados Unidos foi sentido fortemente, especialmente nos últimos meses, quando o Pipeline Colonial e o produtor de carne JBS sucumbiram ao malware.

O Presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden, anunciou planos para realizar uma reunião com representantes de 30 países diferentes no final deste mês para discutir ransomware e outras questões de segurança cibernética.

No comunicado de hoje, Biden disse que seu governo conseguiu um compromisso “para implantar tecnologias de segurança cibernética” de “150 utilitários” e estava “trabalhando para implantar planos de ação para outros setores de infraestrutura crítica”.

O Conselheiro de Segurança Nacional, Jake Sullivan, disse que o governo Biden “continuaria a se basear em nossos esforços de todo o governo para deter e interromper ataques cibernéticos”.

De acordo com nota da NBC, os países programados para se juntarem aos EUA no encontro são: Austrália, Brasil, Bulgária, Canadá, República Tcheca, República Dominicana, Estônia, França, Alemanha, Índia, Irlanda, Israel, Itália, Japão, Quênia, Lituânia, México, Holanda, Nova Zelândia, Nigéria, Polônia, República da Coréia, Romênia, Cingapura, África do Sul, Suécia, Suíça, Ucrânia, Emirados Árabes Unidos e Reino Unido. A União Europeia também estará representada. China e Rússia não estariam presentes.

As ideias propostas pelo governo norte-americano também podem ser encontradas, de certa forma, no livro O Quinto Domínio, cuja tradução foi realizada recentemente pela Clavis. Maiores detalhes dessa tradução você encontra neste link, do Portal SegInfo.

Fonte: www.infosecurity-magazine.com e https://www.nbcnews.com/news/amp/rcna2933

Posts relacionados: G7 faz apelo à Rússia para reprimir gangues de ransomware / Ransomware: Mudanças nos hábitos de segurança de governos e empresas e Relatório favorece a adesão do Brasil a tratado internacional sobre crimes cibernéticos